A importância do brincar na primeira infância

A brincadeira é uma das principais atividades na vida dos bebês e das crianças pequenas. Brincando, a criança aprende a se comunicar, desenvolve a imaginação e diversos tipos de habilidades, inclusive motoras. O brincar na primeira infância tem um papel central no desenvolvimento infantil, como uma porta de entrada para desvendar sensações e sentimentos, inclusive na relação com seus cuidadores 

O que é brincar?

Brincar é toda atividade que traduz comportamentos imaginativos e que ajuda no desenvolvimento da criança. Quando se está brincando, é possível conduzir a atividade de acordo com os interesses de quem realiza a atividade, sejam eles relacionados a tempo, organização, limites ou regras. 

A atividade favorece a junção social das crianças, que podem trocar ideias, experiências e recursos de imaginação. Quando pais e outros cuidadores brincam com seus bebês, eles os ajudam a construir um cérebro saudável e programado para aprender e interagir com os outros. Estudos mostram que um cuidado afetuoso, estimulante e responsivo é um dos melhores indicadores de que essas crianças serão bem-sucedidas na escola e adultos mais felizes e mais saudáveis

Por que brincar é importante na primeira infância?

É possível afirmar que o brincar é uma atividade essencial para as crianças. Inclusive, isso está previsto na Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Crianças, mais precisamente em seu Artigo 31. Veja:

Artigo 31

“1. Os Estados Partes reconhecem o direito da criança ao descanso e ao lazer, ao divertimento e às atividades recreativas próprias da idade, bem como à livre participação na vida cultural e artística.

2. Os Estados Partes respeitarão e promoverão o direito da criança de participar plenamente da vida cultural e artística e encorajarão a criação de oportunidades adequadas, em condições de igualdade, para que participem da vida cultural, artística, recreativa e de lazer.”

A grande importância de brincar na primeira infância tem relação com o desenvolvimento cerebral, pois uma criança que conta com estimulações cerebrais na infância acaba se desenvolvendo melhor. Além disso, as sinapses são muito rápidas na primeira infância, o que faz com a criança possa aproveitar esse momento de interação com as brincadeiras para aprender mais e fazer conexões que formam a base para as suas habilidades cognitivas.

Como brincar nas cidades?

O espaço urbano influencia o desenvolvimento de todos os habitantes da cidade, desde a infância até as vivências da faixa etária idosa. Se brincar é tão importante para o desenvolvimento infantil, fica claro que as cidades também devem ter um papel importante, já que são os espaços, além da casa, em que a criança habita e se desenvolve por meio das brincadeiras.

As cidades devem oferecer lugares seguros para brincar e garantir que os cuidadores possam se deslocar até esses espaços com conforto e custos acessíveis. Para tal, é importante pensar em parques e praças de bairro, caminhos lúdicos e interativos entre serviços oferecidos nas cidades e outras ideias inovadoras para transformar o espaço urbano em um ambiente agradável para os bebês e crianças pequenas.

Brincar em parques infantis

Brincar na primeira infância, especialmente em espaços adequados à faixa etária e próximos das residências das famílias proporciona diversos benefícios. O primeiro deles é a possibilidade de estar ao ar livre, em contato com a natureza e podendo explorar os espaços do bairro e fortalecer relações de vizinhança.

Essas possibilidades ajudam a criança a melhorar suas habilidades físicas e sociais, aumenta a capacidade de observação e, principalmente, permite que a criança possa aprender a interagir com seus pares desde a infância.

Para isso, no entanto, os parques devem ser projetados com a finalidade de despertar a imaginação das crianças, estimular a interação com seus cuidadores, apoiar o desenvolvimento infantil e ser um espaço seguro para crianças e confortáveis para suas famílias.

Conheça a proposta da Urban95

A Urban95 conta com uma equipe de urbanistas, planejadores, designers e autoridades municipais que promovem mudanças em espaços públicos. Essas mudanças ajudam na criação de oportunidades e aumentam a qualidade de vida de todas as pessoas, em especial na primeira infância. Entre no site da Urban95 e saiba mais!