Biblioteca

Para inspirar e ajudar gestores municipais a entenderem a importância de investir na primeira infância, a Rede Urban95 Brasil disponibiliza materiais de apoio, com ideias e exemplos de boas práticas no mundo. Faça o download gratuitamente.

Manifesto Urban95

Neste documento são apresentadas as características de uma cidade Urban95, visando ajudar as lideranças das cidades a lidar com os enormes desafios que as crianças pequenas e seus cuidadores enfrentam todos os dias.

Ver publicação >>

Guia Urban – Ideias para ação

O guia foi criado para ajudar governos municipais e seus parceiros da sociedade civil a entenderem a importância de investir nos bebês, crianças pequenas e nas pessoas que cuidam deles, e para proporcionar ideias factíveis e orientação sobre como realizá-las.

Ver publicação >>

O que já aconteceu nas cidades urban95 e o que vem por aí

Produzida pelo Instituto Cidades Sustentáveis, organização que mobiliza a Rede Urban95, esta é uma publicação parcial, elaborada para contar sobre os avanços e aprendizados do projeto até dezembro de 2020 e inspirar as cidades que fazem parte da Rede.

Ver publicação >>

Pé de Infância

O Pé de Infância é uma caixa de ferramentas para ajudar cuidadores de crianças pequenas a incluir 3 comportamentos fundamentais em suas rotinas: brincar, cantar e contar histórias diariamente durante a primeira infância. Essa é uma iniciativa da Rede Urban95 para promover mudança de comportamento no cuidado de crianças de 0 a 6 anos.

Ver caixa de ferramentas >>

Quali-Urb Infância

Este documento apresenta o Quali-Urb  Infância, método para monitoramento da qualidade do ambiente urbano percebida em  rotas escolares, concebido para a avaliação de atributos que qualificam o espaço urbano para a primeira infância. Também é  apresentado o processo detalhado para a aplicação prática das ferramentas  disponibilizadas, contemplando as etapas de planejamento, coleta e análise de dados.

Ver publicação >>

Qualidade do ar e a primeira infância

Este material, desenvolvido no âmbito da parceira com o WRI Brasil para o Programa Urban95, iniciativa da Fundação Bernard van Leer, detalha os efeitos nocivos da poluição do ar à saúde das crianças e apresenta ações para minimizá-los.

Ver publicação >>

Ideias para Parquinhos para crianças de 0 a 3 anos

Esta publicação é dedicada a parquinhos, praças e parques e levanta questões pertinentes às necessidades de crianças de 0 a 3 anos e de seus cuidadores. Em vez de chegar a conclusões definitivas, fornece princípios e sugestões que inspirem administradores públicos, legisladores, projetistas e cidadãos a explorar ideias novas e criativas.

Ver publicação >>

Guia de pontos de ônibus

Esse guia procura apoiar, de forma simples, os gestores públicos e urbanistas a implementarem intervenções eficazes nos pontos de ônibus e seus entornos que garantam segurança, conforto, interação social e inspiração para as crianças, seus cuidadores e todos os cidadãos.

Ver publicação >>

 

GUIAS E MATERIAIS DE ORGANIZAÇÕES PARCEIRAS

A seguir, você também pode encontrar conteúdos que organizações parceiras da Urban95 produziram para nos ajudar a pensar as cidades a partir das necessidades da primeira infância.

Cidades para brincar e sentar: uma mudança de perspectiva para o espaço público

Esta publicação, do Instituto Alana e do Criança e Natureza, apresenta um passo a passo do processo de intervenção no espaço público nas cidades de Griesheim e Brühl, que levou em conta a participação e os interesses de crianças, idosos e de quem tem mobilidade reduzida. O guia detalha etapas do planejamento e a identificação de rotas relevantes, mapeadas por crianças e idosos, que resultaram na escolha dos locais para a instalação de objetos para brincar e sentar.

Ver publicação >>

Designing Streets for Kids

Esse guia, em inglês, captura as melhores práticas, estratégias, programas e políticas internacionais que as cidades ao redor do mundo têm usado para projetar espaços que permitem que crianças de todas as idades e habilidades utilizem o bem mais abundante das cidades – as ruas. Nele, há recomendações de design e estudos de caso que destacam ruas seguras, agradáveis e inspiradoras para crianças e cuidadores.

Ver publicação >>

Guias para o Desenvolvimento de Bairros Amigáveis à Primeira Infância (BAPIs)

As quatro publicações a seguir constituem o conjunto de guias para o desenvolvimento de Bairros Amigáveis à Primeira Infância (BAPIs) oferecem ferramentas e conhecimentos baseados na realidade brasileira para que gestores urbanos e projetistas possam incluir a perspectiva da primeira infância e de seus cuidadores no planejamento, no desenho urbano e na gestão dos bairros.

Guia 1 – Estruturação de políticas públicas

Esse guia traz informações sobre a necessidade de considerar os requisitos dos bebês, crianças mais novas e seus cuidadores no plano de um bairro e os cinco objetivos a serem alcançados para um Bairro Amigável à Primeira Infância (BAPI): seguro, verde e livre, acessível, lúdico, inclusivo.

Ver publicação >>

 

Guia 2 – Manual de políticas públicas

O objetivo deste manual é apresentar um panorama de políticas públicas e de materiais de indução e fomento ao projeto e a intervenções urbanas voltadas à primeira infância no Brasil, e também extrair e combinar elementos de cada um desses canais a fim de dar suporte legal e técnico à prática de desenvolvimento de BAPIs.

Ver publicação >>

Guia 3 – Diretrizes para desenho urbano

As diretrizes para desenho urbano apresentadas neste manual mostram como alcançar os objetivos estabelecidos no guia Manual de políticas públicas para o desenvolvimento de Bairros Amigáveis à Primeira Infância (BAPIs).

Ver publicação >>

 

 

Guia 4 – Indicadores para monitoramento

Este manual oferece a gestores e técnicos urbanos um conjunto de métodos e de indicadores que estão relacionados com as estratégias de qualificação espacial apresentadas no guia Diretrizes para desenho urbano , de forma que tenham elementos suficientes para aferir os resultados de intervenções relacionadas à implantação de BAPIs em suas cidades.

Ver publicação >>

 

Primeiros passos: mobilidade urbana na primeira infância

Com o objetivo de explorar a relação e o impacto que a mobilidade urbana tem sobre o desenvolvimento e a qualidade de vida da primeira infância, o IDTP realizou um estudo no município de Recife, com o apoio da Fundação Bernard van Leer e o suporte da Secretaria de Planejamento e Gestão de Recife (SEPLAG/PCR). O material traz recomendações específicas para Recife, mas também recomendações gerais para outras cidades brasileiras que desejem avançar no tema.

Relatório 1

O primeiro relatório aborda a perspectiva de cuidadores sobre os impactos diretos e indiretos da qualidade do espaço urbano e da infraestrutura de mobilidade a pé na vida das crianças e a importância que os pontos de ônibus têm em seus trajetos diários.

Ver publicação >>

Relatório 2

No segundo, são abordados os obstáculos e pontos de atenção identificados pelos cuidadores sobre o sistema de ônibus como um todo, assim como as oportunidades e desafios para atores do poder público e operadores de transporte que atuam, direta e indiretamente, com as pautas de mobilidade urbana e/ou primeira infância.

Ver publicação >>

Resumo executivo

O resumo executivo traz um compilado dos principais resultados e recomendações encontradas ao longo da pesquisa e disponibilizados nos relatórios.

Ver publicação >>