Boa Vista encerra o Mês da Infância com novo parque interativo para crianças refugiadas

O centro de acolhida Rondon 3 é o primeiro de Boa Vista a ganhar um espaço de lazer desenhado para a primeira infância, com brinquedos interativos, pinturas em cores vibrantes e espaços de descanso e sombra para crianças e cuidadores. A inauguração, que encerrou as comemorações do Mês da Criança na capital, contou com a participação da banda do Exército e uma série de atividades para as crianças.

Uma área de quase 2.000 m² abrange quadra e um parquinho infantil, com estrutura de sombra e iluminação para o período noturno. A ideia agora é criar novos espaços interativos nos abrigos Rondon 1 e Pricumã, com o objetivo de aumentar o acesso de crianças refugiadas a espaços de lazer públicos, seguros e divertidos.

Crianças que participaram da inauguração (Crédito Amanda Neves/AVSI)

O processo de migração apresenta uma série de desafios para aquelas crianças que estão nos primeiros anos de vida, quando o desenvolvimento é acelerado e a plasticidade cerebral conta, em grande medida, com experiências e vivências enriquecedoras para se formar plenamente. Com esse desafio em mente, o  desenho do espaço foi pensado segundo princípios que atendem a primeira infância, com incentivos visuais e sensoriais, mas também oferecem segurança e conforto.

Parque recém inaugurado em Boa Vista (Crédito Amanda Neves/AVSI)

Scale-Up Urban95 em Boa Vista

A comunidade venezuelana recebeu o espaço em ação organizada entre a Prefeitura de Boa Vista, a Operação Acolhida, que recebe migrantes e refugiados provenientes da crise humanitária na Venezuela, e apoio do escritório ACNUR na cidade. Faz parte do programa Scale-Up Urban95 Boa Vista, gerenciado em parceria entre a Fundação Bernard van Leer e a AVSI Brasil.

O programa Scale-up Urban95 desenvolveu 17 iniciativas de ação pela primeira infância para apoiar as cidades e gestores públicos, divididas entre os eixos de mobilidade, políticas públicas e ampliação de serviços através do uso de tecnologia. Em Boa Vista tem apoiado o desenvolvimento de políticas e programas de Primeira Infância com uso de tecnologia e baseada em dados.