Primeira infância e os impactos na educação

A primeira infância é um período único, marcado por múltiplas e rápidas descobertas cognitivas, de informações, sensações, sentidos, entre outros. Quando os primeiros anos de vida são marcados por um acesso adequado a serviços e espaços de qualidade, a presença de cuidadores carinhosos e que os protejam de todas as formas de violência, a tendência é que a criança tenha uma vida escolar melhor e possa desenvolver plenamente suas capacidades cognitivas. 

O que é primeira infância?

A primeira infância de uma criança é a fase de 0 a 6 anos, incluindo a gestação. É nesse período que as crianças começam a desenvolver seus sentidos de forma mais complexa, aprendem a se comunicar, fazer as primeiras atividades e perceber o mundo.

Muitos estudiosos sobre o tema defendem que a primeira infância é a principal fase da vida, pois é durante esses anos que são construídas as bases da saúde mental, emocional e física de todos nós. 

Uma primeira infância marcada por segurança, tolerância, disciplina, cuidado e amor faz com que as crianças cresçam para ser adultos confiantes, com autonomia e tomadores de boas decisões.

Impactos na educação

Na educação, a primeira infância pode afetar de diversas formas. Podemos citar aqui o exemplo da educação alimentar. Durante os primeiros meses da vida da criança, são criados os hábitos alimentares, em especial, por meio de um processo chamado “introdução alimentar”. 

Se o processo for realizado com sabedoria pelos pais ou cuidadores, com a apresentação de sabores e texturas diversas, é muito possível que a criança leve esses hábitos para a vida adulta. 

Em relação a outros tipos de educação, como a educação pedagógica, obtida na escola, é possível afirmar que a primeira infância tem grande influência. Durante os primeiros anos de vida, é preciso estimular a criança a ter pequenas autonomias. Assim, ela pode se tornar um adulto que não tem medo de errar ou falhar quando for fazer alguma coisa ou tomar uma decisão.

Além disso, crianças que passam a primeira infância sentindo-se acolhidas, cuidadas e seguras têm muito mais chance de se desenvolverem melhor na escola. Pais ou tutores que estimulam a criança com atividades próprias para a idade formam estudantes melhores no sentido socioemocional, linguístico e até cognitivo.

Importância da educação na primeira infância

A educação na primeira infância, seja na escolinha ou até mesmo em uma creche, pode contribuir muito para o desenvolvimento de uma criança. Nesta fase da vida, a pedagogia e o lúdico tem um papel fundamental para que as crianças entendam que possuem um papel na sociedade, se comunicam melhor, sejam mais tolerantes e entendam como trabalhar em grupo. 

Do mesmo modo, a criança aprende a desenvolver a linguagem e a ter uma rotina. O desenvolvimento da linguagem é obtido por meio de estímulos de linguagem oral, corporal, musical, escrita, entre outros. Já a questão da rotina diária da educação na primeira infância ajuda a criança a se preparar melhor para as próximas fases da vida, como o ensino fundamental, por exemplo.

Veja como é o trabalho da Urban95

A Urban95 é uma iniciativa focada em melhorar a qualidade de vida das crianças de até cinco anos de idade. Por meio de um olhar estratégico, a iniciativa busca trazer a perspectiva de bebês, crianças pequenas e cuidadores para o planejamento urbano das cidades. Assim, são promovidas oportunidades e mudanças que ajudam as crianças a se desenvolverem melhor no nosso país.