Veja algumas atividades para a primeira infância que ajudam no desenvolvimento infantil

Os primeiros anos são fundamentais na criação de uma base que irá impactar a vida adulta e o desenvolvimento infantil, sobretudo na primeira infância, o qual depende de estímulos. Milhares de informações são absorvidas o tempo inteiro no cérebro de um bebê e irão impulsionar a evolução das habilidades motoras e emocionais, do controle de comportamento, lógica, linguagem e memória.

A relação com os primeiros cuidadores – pais, mães, avós ou outra pessoa responsável – e com outras crianças é determinante para esse desenvolvimento. Além da atenção às necessidades físicas, é essencial a qualidade dos vínculos afetivos, da comunicação, segurança e a oferta de boas experiências no mundo, em espaços públicos e no lar.

Determinadas atividades podem ser intencionalmente realizadas com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de um bebê ou criança pequena. Conheça algumas:

Conversar e interagir

O afeto interfere diretamente no aprendizado. Por isso, conversar com bebê falando devagar e olhando nos seus olhos fortalece o vínculo. Estar presente acompanhando o cotidiano escolar, além de outras atividades, proporciona um ambiente favorável que transmite a sensação de segurança. Assim, o bebê ou a criança pequena pode se arriscar em novas aventuras e aprender muito mais.

Brincar

Ao brincar, a criança expressa sua personalidade, seus sentimentos e desenvolve a criatividade, além de aprender a lidar com suas emoções. As brincadeiras podem desenvolver a sua inteligência e saúde emocional, tendo que lidar com escolhas, comunicar-se e também se relacionar com outras pessoas. Todo lugar pode ser lugar para brincar. Em casa ou na escola, as brincadeiras lúdicas devem ser levadas a sério.

Ouvir e cantar música

A música pode nos impulsionar a visitar uma série de emoções e sentimentos, pode nos ajudar a relaxar, trazer boas recordações ou animar em dias tristes. Sendo assim, ouvir ou cantar uma música pode ajudar a criar bons momentos em conjunto. Sem contar que, por meio da música, é possível treinar o ritmo e a coordenação motora. Essa relação com a música pode começar durante a gestação e continuar durante toda a infância.

Ler e contar histórias

As crianças aprendem a ler o mundo antes mesmo de serem alfabetizadas. É importante, então, cultivar o hábito de ler ainda na primeira infância. Imaginação e criatividade são estimuladas durante a leitura, além de ser uma oportunidade de ensinar sobre valores, relacionamentos e sentimentos com as histórias. Os bebês e as crianças pequenas ainda podem se comunicar, exercitar a atenção e a memórias, adquirir conhecimento, aprimorar a linguagem e refletir sobre o mundo que as cerca. Futuramente, o impacto disso também será o bom desenvolvimento da escrita.

O aprendizado na convivência

Enquanto brinca, canta, conta histórias, conversa ou durante a simples convivência diária, é importante estimular, ainda durante a primeira infância, a nomear sentimentos; reconhecer os sentimentos dos outros e a importância do trabalho em equipe, da empatia e da gentileza; o gosto por aprender; a agir com autonomia; e a resolver problemas (adequados a cada situação e faixa etária).

Saiba mais sobre o Desenvolvimento das Crianças